Notícias

A Juventude Democratas escolheu os membros que vão compor a nova diretoria da instituição. Durante seminário para debater o Liberalismo e a comunicação estratégica para os próximos dois anos, cerca de 50 jovens de 23 estados brasileiros optaram pelo nome do sul mato-grossense Henrique Sartori para assumir a presidência no lugar do deputado federal Efraim Filho, que esteve à frente do movimento nos últimos quatro anos.

O novo líder da juventude destacou a necessidade de mobilização em todos os estados do Brasil para mostrar que “a juventude Democratas não é aquela que só segura bandeira e cola adesivo. Fazemos parte de um grupo que pensa no Brasil e quer um País moderno, com ideias fortes e princípios de liberdade respeitados”. Henrique também garante que a luta daqui para frente é para influenciar na condução do partido pelo viés liberal. “Os jovens Democratas apostam em um Estado revisado, sem esse perfil gigantesco, não-massacrado por impostos e com as liberdadehttp://www.juventudedemocratas.org.br/s individuais respeitadas”, disse Henrique.

O presidente nacional do DEM, senador José Agripino, participou do seminário e destacou a importância da contínua renovação do grupo, um processo que, segundo ele, precisa ser motivado permanentemente. “A militância jovem do partido é fundamental para o sucesso nas próximas eleições, pois expressa a modernidade, a inovação e a atitude, que devem ser levados para todos os cantos do Brasil”, afirmou Agripino.

A lista com os nomes dos membros que irão compor a nova diretoria da Juventude Democratas será homologada nesta terça, durante a Convenção Nacional do partido.