Notícias

Juventude Democratas participa de movimento pela desocupação da UFPE

ufpe1

Ao redor do país, universitários têm se reunido voluntariamente e criado, em seus campus, grupos que visam oferecer alternativas aos alunos que não se identificam com o campo da esquerda, construindo um movimento estudantil mais democrático, menos tendencioso e focado no real interesse da maioria do corpo discente.

No caso da Universidade Federal de Pernambuco, os corredores têm assistido ao crescimento do movimento UFPE Livre, que é formado, entre outros jovens, por membros da Juventude Democratas que estudam na instituição.

ufpe3

Waldomiro Borges, Presidente da Juventude Democratas do Recife, capital pernambucana, é um dos coordenadores do grupo, que é suprapartidário e luta atualmente pela desocupação da universidade e pela normalização das aulas. Além dele, jovens democratas como Rodrigo Ambrósio e André Porto Medeiros auxiliam a organizar as mobilizações.

“As Universidades vivem um importante momento. A nossa luta não é contra os estudantes que ocupam os centros educacionais, mas sim contra a onda de alienação política que coloca jovens de joelhos a serviço de um partido. O nosso partido é nossa universidade, onde ingressamos e da qual desejamos sair com nossos diplomas para o exercício de nossas profissões”, afirmou Waldomiro.

O caso da Federal pernambucana, assim como de outras universidades, mostra que cresce entre os próprios alunos a compreensão de que a maioria dos grupos que ocupam as universidades atua de forma ideológica, colocando o interesse político e partidário acima dos interesses dos estudantes, além de muitas vezes praticarem vandalismo e prejudicarem os alunos que desejam estudar.

ufpe4

Apenas uma atuação tendenciosa e uma indignação seletiva poderiam explicar que os mesmos alunos que hoje criticam o governo Temer e desqualificam medidas acertadas do Ministério da Educação, nada tenham dito quando Dilma Rousseff e o Partido dos Trabalhadores tomaram amargas medidas e realizaram cortes profundos de verbas para a educação.

A Juventude Democratas apóia o UFPE Livre e todos os demais movimentos que visam devolver o comando das entidades estudantis aos próprios estudantes, impedindo que minorias, manipuladas por partidos políticos, prejudiquem o processo acadêmico e falem em nome de uma classe que, na verdade, não representam.

#Desocupa #QueremosAula