Notícias

Juventude Democratas anuncia suas novas comissões de trabalho

A gestão 2014-2017 da Juventude Democratas foi de grandes realizações. Aprofundamos o trabalho da instituição, conectamos os estados, retomamos protagonismo partidário e investimos pesado na formação de nossos jovens, organizando cursos e eventos em todo o país. Graças a esse trabalho, a Convenção Nacional definiu a continuidade deste caminho para o triênio seguinte.

A gestão 2017-2020 precisa agora trazer novas iniciativas. É assim que seguiremos avançando e colocando a Juventude Democratas no lugar que ela merece, repercutindo o crescimento de nosso partido, acolhendo novos membros e debatendo políticas públicas de forma a preparar nossos jovens para ocupar espaços políticos de relevo.

Com esse objetivo, decidimos criar comissões de trabalho temáticas. Ou seja, além de termos grupos trabalhando, por exemplo, nas áreas de formação e comunicação, passaremos a possuir comissões que discutem pautas da sociedade. A ideia é que estas possam propor políticas públicas, formular projetos, redigir pronunciamentos e, principalmente, auxiliar a identificação de talentos que, em cada área, podem representar a Juventude Democratas na administração pública e no processo legislativo.

Após um processo democrático e participativo de sugestão de temas prioritários, onde todos os jovens do país puderam votar, tivemos uma segunda etapa na qual jovens se voluntariaram livremente para participar dos grupos que lhes interessavam. A única exigência colocada foi somar a familiaridade com o tema com a vontade de produzir.

A partir dos nomes que se voluntariaram construímos as comissões que anunciamos agora. A procura foi enorme e muito maior do que esperávamos, o que nos alegra imensamente. Para acomodar os interessados e também respeitar a representação dos estados, decidimos que as comissões poderiam ter no mínimo três e no máximo cinco membros.

Na medida em que foram sugeridos inúmeros temas e se voluntariaram muitos jovens, sendo assim constituídas 11 comissões temáticas, além de 2 comissões internas, envolvendo 56 jovens ao todo, ficou decidida a criação de uma Diretoria de Gestão, responsável por acompanhar, coordenar e direcionar os trabalhos destes grupos. Esta diretoria será ocupada pelo mineiro Leonardo Framil, presidente regional em seu estado e Coordenador Nacional de Mobilização na última gestão.

Trata-se de mais um momento histórico em nossa JDEM. Nunca tivemos uma Juventude com tanta gente capacitada e motivada envolvida nos trabalhos nacionais. Nunca tivemos tantas jovens mulheres participando. Um dos papéis de uma juventude partidária é gerar espaços, ter democracia interna e permitir o surgimento de talentos. É isto que estamos fazendo agora e este será o foco de nossa nova gestão até 2020.

PARA CONHECER A COMPOSIÇÃO DAS COMISSÕES, CLIQUE AQUI.

Abraços,

Bruno Kazuhiro
Presidente Nacional