Artigos

O cenário que se constrói é, sem dúvida, assustador. Estamos colocando nossas vidas à mercê de um governo que não tem governança e está sendo dilacerado por ele mesmo.

O PT está se digladiando internamente e o descontrole de tudo isso é reflexo da inflação que está descontrolada, por mais que se venha à mídia dizer que estão buscando medidas para contê-la.

A população em sua maioria sofre a duras penas com uma saúde de péssima qualidade, uma educação precária e uma segurança que sequer os assegura em suas próprias casas ou trabalho. Estamos reféns de nossas próprias prisões de segurança máxima, com sensores de presença, câmeras, alarmes, cercas elétricas e tantos outros arsenais que não garantem nosso direito constituído de ir e vir.

O Brasil se colocou em uma situação onde a estética virou palavra de ordem, mas a máscara não assegura nada e e aqui estamos com uma descaracterização do país que se consolidava com uma economia sólida, com mudança e avanços no índice de erradicação da pobreza e tantas séries de “case” de sucesso, que nunca passaram de fantasias feitas por grandes profissionais extremamente bem pagos para criarem o ideal de um governo em que a realidade é catastrófica.

Tudo que está acontecendo, e o que virá, é reflexo da saturação de tantas mentiras, que esmagavam a tantas classes guerreiras e destemidas desse país, como a exemplo dos caminhoneiros que largam suas famílias para se aventurarem por estradas inexistentes, por estarem em precário estado, colocando a vida desses profissionais em risco. E as que estão privatizadas são um verdadeiro assalto por terem pedágios abusivos.

A soma de tudo isso levou ao estopim e esses cidadãos brasileiros ao inconformismo e à revolta.

Esses manifestos geram um efeito dominó onde as peças começam a cair e nisso muita gente vai junto.

Torçamos para que os parlamentares, ministros e a chefe de estado consigam convergir para um senso comum, pois nem eles, com todas as regalias e privilégios que lhes são concedidos, estão a salvo do que está por vir.

Robert Garcia é Vice-Presidente Nacional da Juventude Democratas e Presidente da Juventude Democratas do Piauí.