Artigos

ACM Neto: Uma Nova Geração, por Bruno Alves

Nós, Democratas, cumprimos nosso papel durante os 13 anos de governos petistas, com uma oposição responsável, que se colocava sempre do lado do Brasil. Apresentamos caminhos, apontamos erros e votamos com o governo quando observamos ser necessário.

Nosso posicionamento firme teve um alto custo, mas não foi capaz de superar os valores e ideias que defendemos. Nos mantivemos firmes aos nossos alicerces e não deixamos nos intimidar pela voz agourenta e corrupta que afirmava que iria extirpar o partido da política nacional.

Escolhemos cortar na carne e não caminhar com a improbidade e a corrupção. Perdemos espaços, ganhamos coerência e voltamos a crescer. Hoje temos o presidente da Câmara dos deputados, Rodrigo Maia, o ministro da Educação, Mendonça Filho e o prefeito melhor avaliado entre as capitais brasileiras, ACM Neto.

O novo presidente do Democratas, ACM Neto, representa uma mudança responsável e necessária de horizonte. Iremos, definitivamente, apresentar ao país um projeto de médio e longo prazo. Seremos protagonistas na travessia que o país precisa enfrentar. É necessário a construção de novos caminhos, de novas alternativas.

ACM Neto chega a presidência nacional do Democratas testado e aprovado no legislativo e executivo. Um líder responsável, gestor competente, dinâmico e moderno. Compreende o presente e possui capacidade analítica diferenciada do cenário político. Sabe a hora de caminhar com cautela e a hora de acelerar o passo.

Em um momento que a política nacional dá claros sinais de fadiga, insatisfação e desgaste, o Democratas se coloca no papel de protagonista. Protagonista porque fez a escolha certa, porque não se rendeu ao populismo, porque não radicalizou o seu discurso, porque se manteve firme na defesa das liberdades individuais e na construção de um ponto de partida equivalente para todos os indivíduos.

O Brasil precisa seguir por outro caminho, um caminho que coloque o indivíduo como protagonista de sua vida e lhe apresente as ferramentas necessárias para seu crescimento econômico e social. Um caminho que entenda a educação como mãe de todas as políticas públicas.

A frase atribuída a Tancredo Neves, a presidência é questão de destino, é apropriada para o momento do Democratas. Pois para ser protagonista não serve o papel de coadjuvante.

É por isso que sou entusiasta da candidatura do Democratas à presidência do Brasil. Rodrigo Maia é um excelente quadro do partido e preparado para enfrentar uma eleição totalmente aberta. Os grandes líderes são aqueles que enfrentam os desafios necessários.

O novo presidente do Democratas, ACM Neto, nos gera grande ansiedade e a certeza que iremos avançar a passos largos. O ex-presidente e senador, Agripino Maia, cumpriu o seu papel e manteve o voo em um período de grandes turbulências, agora é hora de olhar para o horizonte e traçar novas metas. O Democratas vai propor um novo rumo para o nosso país.